Marketing Digital para Pequenas Empresas – 5 passos iniciais

Ao iniciar um pequeno negócio, o empreendedor passa por diversos desafios e um deles é realizar o marketing de sua pequena empresa.
A forma mais prática para enfrentar esse desafio é utilizar o marketing digital. Se você é um pequeno empresário, elaborei este guia para você: São 5 passos para de Marketing Digital para Pequenas empresas, executando os 5 passos você estará apto a iniciar a sua presença de marketing digital.

O Marketing Digital envolve o uso de táticas de marketing aplicadas no ambiente digital. Sites, Marketing de Conteúdo, Redes Sociais, Blogs, Aplicativos, Email Marketing e Redes Sociais são alguns exemplo de meios onde se aplicar o Marketing Digital.

Se você é proprietário de uma pequena empresa e possui pouco ou quase nenhum recurso para investir em Marketing, o Marketing Digital é a solução mais eficaz e rápida para você obter resultados.
Algumas das vantagens do Marketing Digital nesse cenário é que você define o orçamento da sua campanha e pode interrompê-la a qualquer momento, a campanha é veiculada instantaneamente e você pode acompanhar os resultados e métricas em tempo real.

Pode haver muitos componentes numa estratégia de marketing digital, dependendo do tipo de negócio que você possui e de como você interage com seus clientes. No entanto, a maioria dos planos de marketing digital para pequenas empresas deve incorporar 5 itens básicos para ter sucesso.

Esses 5 itens estão num checklist que preparei exclusivamente para técnicas de marketing digital para pequenas empresas.

1) Site

O site é a base de uma estratégia de Marketing Digital para Pequenas Empresas e empresas de todos os tamanhos. É o sítio para onde você direcionará todo o tráfego, coletar leads e fornecer as informações sobre sua empresa.
Ter uma presença na web não precisa ser caro ou ter uma grande quantidade de tempo para gerenciar. Mesmo assim, ainda é baixo número de pequenas empresas que investem em marketing digital. Por isso, se você é proprietário(a) de uma pequena empresa, comece já a fazer o marketing digital e saia na frente de sua concorrência.

Ao lançar o site da sua micro empresa na web você deve levar em consideração algumas práticas:

  • Represente a sua marca: Seu site deve comunicar amplamente a sua marca e empresa. Isso quer dizer, seu site deve ter suas cores, logos e fotos do seu negócios;
  • Página sobre: Antes de qualquer outra página, seu site deve possuir uma página “Sobre”, que reflita resumidamente quem é a sua empresa, quais seus serviços e produtos, quais necessidades sua empresa atende e quais soluções oferece;
  • Tenha um Blog: Além de atrair novas pessoas, um blog é o canal para sua empresa falar sobre si mesma e informar seu público;
  • Seja compatível com todos os dispositivos: Seu site deve ser responsivo, ou seja, funcionar perfeitamente em todos os dispositivos independente do tamanho ou sistema operacional. Seja celular android ou iphone, seja computador ou tablet. Que carregue perfeitamente através de rede móvel de dados ou wifi;
  • Ative o compartilhamento: Facilite as recomendações, deixe que seus visitantes compartilhem seu site e conteúdo nas redes sociais. Ative os botões de share;
  • Utilize ferramentas de análise: Não basta um site legal para você, ele deve ter utilidade e usabilidade. A melhor forma de saber se o site da sua micro empresa está correspondendo a isso é utilizar uma ferramenta para analisar o desempenho. Uma ótima ferramenta para isso é o Google Analytics;

2) Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é uma abordagem de marketing estratégico focada na criação e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter um público claramente definido e oferecer a solução de um problema do cliente que estimule a executar uma ação que gere receita para a empresa.
O conteúdo entra em jogo em mais de uma área do marketing digital (blogs, mídias sociais, e-mail marketing), por isso é importante ter uma estratégia de marketing de conteúdo completo. Veja algumas dicas para iniciar a sua estratégia de Marketing de Conteúdo.

  • Crie seu calendário editorial: A produção de conteúdo sem planejamento não trará os resultados esperados. Caso o planejamento de conteúdo não te pareça familiar, você pode iniciar com um calendário. Seu calendário editorial deve delimitar os dias, temas e locais de distribuição das postagens;
  • Compartilhe: É necessário criar uma audiência e entregar o conteúdo para ela, a melhor forma de fazer isso é através das redes sociais. Defina em quais redes sociais você compartilhará o conteúdo da sua empresa;
  • Reaproveite seu conteúdo: Sabe quando a o programa Vídeo Show da  Globo passa matérias sobre suas novelas e logo após rememora alguma novela através do Vale a Pena Ver de Novo? São duas formas de reaproveitamento de conteúdo. Você pode fazer conexões entre seus conteúdos, criar novos conteúdos a partir de publicações antigas, reescrever e atualizar seus conteúdos. São técnicas úteis para quando faltar inspiração para novos posts;
  • Traga convidados: Também chamado de “Guest posting“, convidar pessoas ou empresas para postarem nos seus canais é uma boa forma de engajar outras empresas em seu conteúdo e também fazer a divulgação das sua empresa nos canais das empresas parceiras.

3) Redes Sociais

As redes sociais são ótimas ferramentas de marketing digital para pequenas empresas, pois são de fácil utilização e mensuração. Para pequenas empresas, as redes sociais são aplicadas na divulgação de negócios locais para os público das redondezas.
Após iniciar o Marketing de Conteúdo (item anterior) você deve utilizar as redes sociais para atrair a atenção do seu público alvo. Isso não significa apenas publicar links, mas também gerar engajamento com sua base de clientes e incentivar a recomendação e o boca a boca digital.
Sigas as dicas abaixo para potencializar as redes sociais na estratégia de marketing digital da sua pequena empresa.

  • Escolha uma para começar: Não precisa estar em todas as redes sociais ao mesmo tempo. Crie um perfil pessoal em cada rede social que você ache interessante para sua empresa, explore os benefícios de cada uma e selecione entre uma a duas para ingressar. Lembre-se de diferenciar os perfis pessoais dos comerciais;
  • Garanta seu nome nas principais redes sociais: Embora sua empresa não precise estar ativa em todas as redes sociais que existem, você deve registrar seu nome de marca em cada rede para evitar que outra pessoa o use. Considere o Google +, Instagram, Facebook, Pinterest e Twitter;
  • Mantenha a relevância: Seja contínuo e relevante, tenha crescimento constante. Tenha coerência, defina como sua marca deve se posicionar nas redes sociais. Ao configurar o perfil da sua empresa nas redes sociais, use a mesma imagem de perfil, bio, banners e cores;
  • Foque no diálogo e engajamento: Dialogue com a sua audiência e estimule o engajamento. Lembre-se que as redes sociais são conversas e não um monólogo. Tenha como objetivo criar uma comunidade que fale com a sua empresa;
  • Crie um calendário de postagens: Esse calendário pode seguir o calendário editorial citado no item de conteúdo. Descreve o que será compartilhado e em qual rede social. Um calendário ajuda a manter a frequência de postagens;
  • Acompanhe as métricas: Todas as redes sociais fornecem os dados sobre o perfil empresarial, então acompanhe sempre a evolução dos seus canais.

4) Email marketing

Ao utilizar o email marketing, sua empresa estabelece um canal de comunicação direta com seus clientes. Antes de chegar neste objetivo, é preciso cumprir algumas etapas que passam desde a permissão do cliente, o reconhecimento e ao estabelecimento de conexão ao interesse do cliente. Para isso, é preciso enviar mensagens relevantes, interessantes e pertinentes à realidade da empresa e cliente.
O cumprimento das etapas que levam ao estabelecimento deste canal de comunicação pode levar um tempo, mas vale a pena o esforço. Para começar a construir sua base de clientes para disparar email marketing, siga as dicas abaixo:

  • Selecione a plataforma certa: Hoje em dia existem inúmeras plataformas para gestão de email marketing. Acontece que muitas tem funções que de alta complexidade e talvez sua empresa chegue a nem usar a ferramenta por completo, fazendo com que você pague um preço alto por isso. Recomendo que você escolha uma ferramenta simples, com funções básicas e pouco número de disparos de email. Assim você encontrará a plataforma ideal para o marketing digital da sua pequena empresa;
  • Crie um template: As próprias plataformas de email marketing disponibilizam as ferramentas para você personalizar um template para os emails a serem disparados. Defina um template que tenha relação com a identidade visual da sua empresa e seja fácil visualização e assimilação por quem receber os emails;
  • Ir além de boletins informativos: No item anterior a dica foi o diálogo e engajamento. Aqui, a minha dica é que você vá além. Entretenha o receptor, crie curiosidade e recompense as pessoas que abrirem seus emails. Você pode fazer isso com conteúdo de relevância e ofertas de valor para seu público alvo;
  • Colete e incentive adesão: Colete os dados de seus clientes e solicite autorização para disparar email a eles. Promova a adesão a sua lista de email através do seu site, redes sociais e no seu negócio também;
  • Analise as métricas: Analise as informações de disparo e comportamento dos seus email, assim você saberá se estão evoluindo. Use as ferramentas de análise disponíveis na plataforma de marketing de e-mail que você escolheu para ver quantas pessoas abriram sua mensagem e clicaram em um link específico.

5) SEO – Search Engine Optimization

A Otimização para Mecanismos de Buscas (Search Engine Optimization) desempenha um papel importante no Marketing Digital para Pequenas Empresas. Se o conteúdo que você criou não está otimizado, você terá dificuldade em levar as pessoas certas para vê-lo no momento certo. Use as sugestões abaixo para iniciar seu trabalho em Otimização para mecanismos de buscas.

  • Faça pesquisas: Antes de tudo, conheça o desempenho do seu site e dos sites dos seus concorrentes. Use o Google e outros mecanismos de busca para consultar a performance da sua empresa;
  • Escolha as palavras-chave: Com base na sua pesquisa, escolha as palavras-chave mais apropriadas para o seu site, postagens de blog e todo o outro conteúdo que você vai criar;
  • Colete e analise as métricas: A Google Analytics e outras ferramentas de SEO para saber como seu conteúdo otimizado é executado para que você possa aprimorá-lo ao longo do tempo.

Você provavelmente já aprendeu que nem sempre pode ser prático em todos os aspectos da sua pequena empresa; Existem algumas áreas que justificam ajuda externa. O marketing digital pode ser uma dessas áreas para você. Se você não é experiente com cada uma dessas áreas, considere terceirizar algumas ou todas elas para lhe dar o tempo que você precisa para se concentrar no crescimento de sua empresa.

Aprenda também como utilizar o Local Search Optimization para promover seu negócio.

Keywords: Marketing Digital para Pequenas Empresas, Marketing Digital Curitiba, Redes Sociais, Marketing de Conteúdo, Criação de sites, Dicas de marketing pessoal, Email Marketing, Social Media, Search Local Optimization, SEO.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *